Psicologia Social
Código: 41052
Departamento: DCSG
ECTS: 6
Área científica: Psicologia
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 15

Esta unidade curricular, em primeiro lugar, procura identificar o domínio e os objetivos da Psicologia Social, dando uma perspetiva histórica da mesma. A sua área de estudo estende-se a várias temáticas, entre elas as atitudes. Neste âmbito, procura-se definir, analisar e compreender o conceito de atitudes, bem como, as suas funções psicológicas, formação e medida das mesmas. As representações sociais também fazem parte das temáticas abordadas. E são revistos os aspetos ligados à sua génese, áreas de investigação, a sua ligação com a educação e as suas aplicações. Por último, serão tratados os aspectos ligados à definição, origem e consequências do preconceito e da discriminação.
 

Psicologia Social
Atitudes
Representações
Preconceito/discriminação

Pretende-se com esta unidade curricular que os aprendentes
•compreendam o que é a Psicologia Social, identifiquem os principais objetivos desta unidade curricular;
•adquiram os principais conceitos, compreendido as teorias e identificado a problemática ligada às atitudes em psicologia social;
•adquiram os principais conceitos, compreendido as teorias e identificado a problemática ligada à temática das representações em psicologia social;
•adquiram os principais conceitos, compreendido as teorias e identificado a problemática ligada à temática dos preconceitos e da discriminação.

I – O Domínio da Psicologia Social
II – Atitudes: formação, modelos e comportamento
III – Representações Sociais
IV – Preconceito e Discriminação: abordagens, consequências e redução


 Franken, I., Coutinho, M. P., Ramos, N. (2012). Representações sociais, saúde mental e Imigração Internacional. In Revista Psicologia: Ciência e Profissão. (32,1):202-219.http://www.scielo.br/pdf/pcp/v32n1/v32n1a15.pdf
Neto, F. (1998). Psicologia Social. Vol. 1. Lisboa: Universidade Aberta
Ramos, N. (2010). Interculturalidade e Alteridade: dinâmicas, contextos e políticas. In L.Toutain, J. Serafim, Y. Geffroy (org.). Perspectivas em informação visual: cultura, percepção e representação. Salvador: EDUFBA, p. 42-56.
Ramos, N. (2014). Conflitos interculturais no espaço europeu. Perspetivas de prevenção e intervenção. The overarching issues of the european space: the territorial diversity of opportunities in a scenario of crisis. Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, p. 225-245. http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/13207.pdf

Vala, J., Monteiro, M. (2017).Psicologia Social. (10ª Ed.) Lisboa: Fundação C. Gulbenkian.
 
(Bibliografia adicional será disponibilizada online na turma virtual)  


 

E-learning (completamente online).

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.

Os(as) estudantes devem consultar com regularidade a página da unidade curricular: www.moodle.univ-ab.pt/moodle/