Literaturas Africanas de Expressão Portuguesa I
Cursos:
Código: 51051
Departamento: DH
ECTS: 6
Área científica: Literatura
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 15

Esta unidade curricular tem como objecto de estudo as literaturas de Angola e de Moçambique, privilegiando os momentos fundamentais dos respectivos processos de afirmação e autonomização.

  1. Literatura Angolana
  2. Literatura Moçambicana
  3. Negritude

Depois de realizada esta unidade curricular, o estudante deverá:
•reconhecer as principais manifestações artísticas e culturais ocorridas, em ambos os Países, nas décadas de 50 e 60 do século XX;
•articular a poesia da Mensagem, em particular a de Agostinho Neto, com o cenário histórico e político da nação angolana;
•identificar os textos poéticos fundadores da moçambicanidade;
•delimitar e contextualizar o conceito de “Negritude”, identificando os respectivos temas e motivos;
•reconhecer a natureza inovadora do discurso literário de Luandino Vieira;
•interpretar a dimensão ideológica e simbólica da ficção de Pepetela e de Mia Couto.

1.Periodização:
1.1– Literatura angolana
1.2- Literatura moçambicana
2.Poesia:
2.1– Mensagem
2.2- Agostinho Neto
2.3- Noémia de Sousa
2.4- José Craveirinha
3.Narrativa:
3.1- Luandino Vieira
3.2- Pepetela
3.3- Mia Couto

1.Textos literários:
COUTO, Mia – O fio das missangas, Lisboa, Caminho, 2004.
CRAVEIRINHA, José – Obra poética I, Lisboa, Caminho, 1999.
NETO, Agostinho – Sagrada esperança, 11ª ed., Lisboa, Sá da Costa, 1987.
PEPETELA – Yaka, 5ª ed., Lisboa, Dom Quixote, 2006.
VIEIRA, Luandino – Luuanda, Lisboa, Caminho, 2004.

2.Bibliografia crítica:
Les littératures africaines de langue portugaise. Actes du Colloque International (Paris, 28-29-30 Novembre, 1 Décembre 1984), Paris, Fondation Calouste Gulbenkian/Centre Culturel Portugais, 2e éd., 1989.
LARANJEIRA, Pires - Literaturas Africanas de Expressão Portuguesa, Lisboa, Universidade Aberta, 1995.
LARANJEIRA, Pires, SIMÕES, Maria João & XAVIER, Lola Geraldes (orgs.) - Cinco Povos, cinco nações. Estudos de literaturas africanas. Actas do Congresso Internacional de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa (Fac. de Letras da Universidade de Coimbra, 8-11 Out., 2003), Lisboa, Novo Imbondeiro, 2006.

NOTA: Bibliografia específica, relativa a cada um dos temas tratados, será oportunamente indicada.

E-learning.

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre lectivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então, uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.