Ética e Educação
Código: 11017
Departamento: DEED
ECTS: 6
Área científica: Filosofia
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 15

Esta UC procura desenvolver a compreensão da dimensão ética e deontológica do processo educativo, preparando os futuros diplomados para a ação profissional em contextos interculturais complexos. Após introduzir a metodologia do processo filosófico, analisam-se os conceitos de ética, moral e deontologia. A partir dessa base, a UC problematiza a formação para os valores, a partir da perspetiva do desenvolvimento da capacidade humana para formular, de modo autónomo e livre, juízos sobre o comportamento. Esta problematização apoia-se na análise de situações reais representativas dos grandes desafios morais atuais, como o equilíbrio de género, a equidade social, as questões ambientais ou os limites da ciência e da tecnologia. Por fim, partindo da caracterização do quadro legislativo e dos contextos escolares portugueses, analisam-se os múltiplos aspetos da dimensão ética do processo educativo e discutem-se padrões de conduta deontológica de educadores, alunos e demais agentes educativos.

Educação moral
Educação para os valores
Deontologia educacional
ética

No final da UC, espera-se que o estudante tenha desenvolvido as seguintes competências:
‐ Agregar, analisar e interpretar informações sobre problemas éticos e morais;
‐ Mobilizar modelos teóricos para a resolução de problemas e dilemas comportamentais;
‐ Integrar o pluralismo e o respeito pela diversidade em práticas profissionais inclusivas;
‐ Valorizar o impacto social e ambiental de decisões e ações desenvolvidas em contextos educativos;
‐ Demonstrar sentido crítico, autocrítico e compromisso ético;
‐ Demonstrar competências interculturais para uma melhor compreensão da complexidade da sociedade atual.

1. Introdução à Metodologia do Trabalho Filosófico
2. Ética, Moral e Deontologia
2.1. Definição e campo da ética
2.2. Evolução da moral e dos valores
2.3. A emergência das deontologias profissionais
3. Educação Ética
3.1. Principais desafios éticos contemporâneos
3.2. Modelos e práticas de educação moral
3.3. A formação para os valores em contextos multi- e interculturais
4. Deontologia Educacional
4.1. Direitos e deveres dos educadores e demais agentes do ensino no quadro legislativo português
4.2. A dimensão ética do processo educativo
4.3. Problemas e dilemas da tomada de decisão em contexto escolar

Baptista, I. (2011). Ética, Deontologia e Avaliação do Desempenho Docente. Lisboa: ME – CCAP.
Barros Dias, J. M. (2004). Ética e Educação. Lisboa: Universidade Aberta.
Estrela, M. T., & Caetano, A. P. [coords.] (2010). Ética profissional docente. Do pensamento dos professores à sua formação. Lisboa: Educa.
Gunzerhauser, M. G. (2012). The Active/Ethical Professional: A Framework for Responsible Educators. Londres e Nove Iorque: Continuum.
LEI n.º 51/2012 de 5 de setembro (Estatuto do Aluno e Ética Escolar). Diário da República, nº 172/12 - Iª série
Rachels, J. (2004). Elementos de Filosofia Moral. Lisboa: Gradiva
Nuland, S. (2009). Teacher codes: Learning from experience. Paris: Unesco.
Obin, J.-P. (2016); La prise de décision en situation complexe: 24 cas réels analysés et commentés. Vanves: Hachette Éducation.
Singer, P. (2017). Ética no Mundo Real. Lisboa: Edições 70.
Strike, K. A., & Soltis, J. F. (2009). The Ethics of Teaching (5th ed.). Nova Iorque: Teachers College Columbia University.

E-learning

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.

A UC é oferecida em regime de ensino online, aplicando o Modelo Pedagógico Virtual. O processo de aprendizagem articula o trabalho autónomo e o colaborativo. É fornecido um Plano da Unidade Curricular com vista a orientar o estudante na sua planificação e gestão do tempo de estudo. Para cada tema, são disponibilizadas orientações de estudo, recursos multimédia digitais, atividades formativas e respetivo feedback, para além de fóruns específicos onde os estudantes partilham informações, esclarecerem dúvidas com o docente e submetem as suas reflexões para avaliação.