Sociologia e Comportamento Organizacional
Código: 41096
Departamento: DCSG
ECTS: 6
Área científica: Sociologia
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 15

A presente unidade curricular segue a seguinte lógica expositiva dos conteúdos:

• Antes de mais, explicitar um conjunto de conceitos cuja boa compreensão é indispensável para o leitor conseguir lidar de forma harmoniosa com o texto subsequente;

• Depois, caracterizar sinteticamente (muito sinteticamente…) o processo evolutivo das sociedades do espaço euro-atlântico, realidade que constitui o meio ambiente das respetivas organizações empresariais; procurando dar ênfase, nessa caracterização, à evolução destas;

• Finalmente, escrever sobre os teóricos organizacionais do século XX, aqueles que pretenderam caracterizar e/ou configurar as lógicas organizacionais e, por decorrência, as organizações modernas; sustentando tal abordagem nas obras dos norte-americanos Frederick Winslow Taylor e Henry Ford.

 

Trabalho
Organizações
Produção
Relações laborais

Pretende-se que, após aprovação nesta unidade curricular, o estudante tenha adquirido capacidade para intervir conscientemente no processo de configuração ou reconfiguração das organizações em que está ou vai estar inserido.

 

1.     Conceitos introdutórios
2.    Enquadramento histórico da vida organizacional contemporânea no espaço euro-atlântico
3.    Teóricos organizacionais do século XX (F. W. Taylor; Henry Ford; Elton Mayo; Douglas McGregor; Frederick Herzberg; Tavistock Institute (Teoria Sociotécnica); Desenvolvimento Organizacional; Michel Crozier (Teoria da Análise Estratégica); Taiichi Ohno (Toyota Production System) e reengenharia de processos; Harry Braverman).



 

BIBLIOGRAFIA PRINCIPAL
•    Silva, Victor (2020), Sociedade, organizações e teoria organizacional. Lisboa: Sílabo.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
•    A “bibliografia consultada” listada no manual adotado.





 

E-learning

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, optar por um único momento presencial de avaliação; realizando então uma prova de avaliação final (exame) com o peso de 100%.

Bom conhecimento de Princípios de Gestão e de Gestão de Recursos Humanos é um pré-requisito para a adequada compreensão desta unidade curricular.