Introdução aos Estudos Linguísticos
Código: 51138
Departamento: DH
ECTS: 6
Área científica: Linguística
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 24

Na primeira parte desta unidade curricular, são apresentadas reflexões preliminares de Linguística Geral, nomeadamente a delimitação e caracterização do objeto de estudo da Linguística, as propostas fundadoras de Saussure, e conceitos essenciais das teorizações de Chomsky.
Na segunda parte, reflete-se sobre os diferentes níveis de análise linguística: Fonética, Fonologia, Morfologia, Sintaxe, Semântica e Pragmática. A propósito de cada um dos níveis de análise linguística, são explicitados o campo de investigação, os objetivos e os conceitos operatórios mais relevantes.
Por fim, na terceira parte, são abordadas as questões da mudança linguística e da variação linguística. São introduzidos conceitos operatórios de base que permitirão aos estudantes desenvolver capacidades de reflexão sobre estes temas.

Ao concluir com sucesso esta unidade curricular, o estudante deverá ter desenvolvido competências para:
• justificar a especificidade da linguagem verbal relativamente a outras linguagens;
• indicar a importância das reflexões de Saussure para o surgimento da Linguística enquanto disciplina científica com objetivos e metodologias específicos;
• reconhecer a relevância das teorizações de Chomsky para a evolução da Linguística ao longo da segunda metade do século XX;
• classificar os factos linguísticos segundo o nível de análise em que se inserem (Fonética, Fonologia, Morfologia, Sintaxe, Semântica e Pragmática);
• utilizar métodos de descrição e de análise desenvolvidos nas disciplinas correspondentes aos diferentes níveis de análise apresentados (Fonética, Fonologia, Morfologia, Sintaxe, Semântica e Pragmática);
• apresentar exemplos originais de fenómenos quer de mudança linguística, quer de variação linguística de tipo regional, de tipo socioprofissional e de tipo individual/situacional.

1ª Parte – Linguística e linguagem verbal
Tema 1 – A Linguística como disciplina científica: as propostas iniciais de Saussure e de Chomsky
2ª Parte – Os níveis de análise linguística
Tema 2 – Fonética e Fonologia
Tema 3 – Morfologia e Sintaxe
Tema 4 – Semântica e Pragmática
3ª Parte – Mudança linguística e variação linguística
Tema 5 – Mudança linguística e variação linguística

Duarte, I. (2000). Língua portuguesa. Instrumentos de análise. Lisboa: Universidade Aberta.
Mateus, M. H. M., et al. (2003). Gramática da língua portuguesa. Lisboa: Caminho.
Raposo, E. P. et al. (2013-2020). Gramática do Português. Vol. I-III. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.
Silva, P. N. (2010). Manual de Introdução aos Estudos Linguísticos (e-book, edição privada, disponibilizado na página da uc na plataforma Moodle).

Nota: Outras referências bibliográficas serão aconselhadas em cada tema da uc.

E-learning

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de dois e-fólios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar por um único momento presencial de avaliação, realizando, então, uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.