Integração Europeia e Políticas Comunitárias
Código: 61034
Departamento: DCSG
ECTS: 6
Área científica: Economia
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 15

A unidade curricular pretende aprofundar a dimensão económica do processo de integração europeia, merecendo particular relevo a União Económica e Monetária e o financiamento das diferentes políticas da União Europeia. Deverá preparar o seu estudo com uma leitura atenta do livro "A (re)construção da Europa? A dinâmica da integração económica e política", indicado na bibliografia, assim como do Livro Branco sobre o Futuro da Europa, disponível na página da unidade curricular.

Políticas Europeias

Mercado Único

Coesão Económica, Social e Territorial

União Económica e Monetária

• Capacidade para analisar a integração económica e as políticas da União Europeia a partir de uma perspetiva interdisciplinar.
• Saber interpretar as diferentes dimensões da União Económica e Monetária e as suas implicações no processo de integração europeia.
• Conseguir articular os diversos conceitos estudados numa argumentação clara e coerente.
• Problematizar questões relativas ao processo de integração europeia e aos desafios que atualmente enfrenta.

O programa da unidade curricular divide-se em sete partes fundamentais, desenvolvidas no livro "A (re)construção da Europa? A dinâmica da integração económica e política", indicado na bibliografia obrigatória.
 

Obrigatória

AZEVEDO, Maria Eduarda (2017). A (Re)Construção da Europa? A Dinâmica da Integração Económica e Política. Lisboa: Quid Juris.
 
 
Complementar

Baldwin, R., & Wyplosz, C. (2019). The Economics of European Integration. New York: McGraw Hill.

Borragan, N., & Cini, M. (Eds.) (2019). European Union Politics. Oxford: Oxford University Press.

Camisão, I., & Brandão, A. P. (2020). O Estado da União Europeia - Da(s) Crise(s) à Mudança? Lisboa: Livraria Petrony.

Gonçalves, J. R. (2019). O Euro: Balanço e Perspetivas. Coimbra: Livraria Almedina.

Grimmel, A. (2018). The Crisis of the European Union - Challenges, Analyses, Solutions. Abingdon: Routledge.

 

E-learning

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.