Iniciação à Museologia
Código: 31067
Departamento: DCSG
ECTS: 6
Área científica: Estudos do Património
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 15

Pretende-se nesta unidade curricular estudar o fenómeno da Museologia em Portugal. O entendimento das variadas conjunturas históricas que rodearam o aparecimento das primeiras coleções privadas até à exibição dos objetos em museus públicos merecerá análise pormenorizada. Serão igualmente ministradas nesta unidade curricular noções básicas de conservação e preservação de obras, bem como conceitos gerais de museografia. O estudo da tipologia e da orgânica dos núcleos museológicos nacionais será igualmente contemplado ao longo do semestre.

Museus
Conservação
Património

• Reconhecer as principais problemáticas relativas às questões do colecionismo e da museologia em Portugal durante a Idade Moderna e Contemporânea;

• Identificar os princípios essenciais que regem a Museologia, relativos à tipologia, à orgânica e à conservação do património.

• Das Coleções aos Museus: para uma história do colecionismo e dos museus em Portugal;
• Tipos de Museus;
• Noções de Museografia;
• A organização dos núcleos museológicos;
• Noções de Conservação e Preservação em Museologia.

ROCHA-TRINDADE, Maria Beatriz, (coord.), Iniciação à Museologia, Lisboa, Universidade Aberta, 1993. (plataforma)
[outros elementos bibliográficos serão indicados e/ou disponibilizados apenas para uso exclusivo na sala de aula virtual)

E-learning.

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.

Os estudantes têm de ter acesso a um computador com ligação à Internet, ter um endereço de correio eletrónico e, desejavelmente, possuir literacia informática na perspetiva do utilizador. Os estudantes deverão possuir/ter acesso à obra de P. Pereira para a realização da unidade curricular.