História da Idade Média (Cultura e Mentalidades)
Cursos:
Código: 31038
Departamento: DCSG
ECTS: 6
Área científica: História
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 15

Nesta unidade curricular pretende-se dar ao aluno uma visão diacrónica da cultura medieval em correlação com a mentalidade vigente. Simultaneamente percorrer-se-ão as várias dimensões da cultura de cariz clerical, cortesã e mais popular que corporizam o saber e modelam as mentalidades do homem Medieval.
Apresentar-se ainda o saber enquanto forma de poder e os seus cultores e detractores, bem como a sua influência nas várias esferas da compreensão do mundo.

• Reconhecer o papel dos fenómenos e práticas culturais na vida em sociedade.
• Compreender a importância do estudo da História Cultural e das Mentalidades para uma análise crítica do devir histórico.
• Problematizar as principais questões culturais existentes ao longo da Idade Média.

1. A “incorporação” da herança cultural do mundo clássico na societas christiana.
2. A cristandade rural e o mundo cortesão.
3. A renovação e modernidade dos “renascimentos” dos séculos XII e XIII.
4. A consolidação e debate cultural da Baixa Idade Média.

A. J. SARAIVA, O Crepúsculo da Idade Média em Portugal, 5ª ed., Lisboa, Gradiva, 1998.
Obras de consulta
A.J. SARAIVA, A Cultura em Portugal, vol. I, Lisboa, Gradiva, 1994.
A.J. SARAIVA, A Cultura em Portugal, vol. II, Lisboa, Gradiva, 1991.

Esta unidade curricular é oferecida em regime de ensino online, através da utilização da plataforma Moodle, privilegiando-se a comunicação assíncrona.
Tendo como enquadramento do processo de ensino/aprendizagem uma permanente supervisão online, os alunos elaboram as tarefas propostas pelo docente, apresentando trabalhos, recensões críticas, relatórios, protocolos, etc., que serão objecto de avaliação e/ou classificação.

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre lectivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respectivamente, 40% e 60% na classificação final.
Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.

Recomenda-se que os estudantes tenham acesso a um computador com ligação à Internet e endereço de correio electrónico.
Esta unidade curricular é leccionada em língua portuguesa.
O trabalho somativo é disponibilizado na plataforma de e-learning, devendo os estudantes que ainda não se inscreveram na plataforma, proceder a essa inscrição. Para este efeito, os estudantes devem aguardar o envio, pela Equipa de Coordenação do Curso de História, de uma Circular com normas detalhadas sobre esse processo.