História da Construção Europeia
Código: 31030
Departamento: DCSG
ECTS: 6
Área científica: História
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 15

Trata-se de proporcionar uma visão geral sobre a história da construção europeia desde 1945 aos nossos dias. Processo eminentemente político e económico, serão analisados os fundamentos históricos do projeto de integração europeia, tal como foi concebido pelos fundadores na década de 50 do século XX. Passar-se-á em revista o processo de construção, da CECA à CEE e, finalmente, à União Europeia, com os sucessivos alargamentos e os debates em torno das fronteiras da Europa e da identidade europeia. Dar-se-á também atenção ao problema da organização política e das instituições que foram estruturando a União, através dos vários tratados e acordos entre os Estados participantes.

História
Europa
União Europeia
Comunidade

No final da unidade curricular, o estudante deve:
• Explicar os fundamentos e o processo histórico da construção europeia, bem como a forma como tem evoluído em termos de organização política e institucional;
• Elaborar reflexão crítica em torno de documentos e de debates fundamentais sobre a construção europeia;
• Utilizar conceitos e vocabulário adequado aos temas em análise;
•  Discutir criticamente posições sobre o problema da identidade e da cidadania europeias.

1.A Europa do pós-guerra e as fundações do projeto de unidade europeia
2.Da Comunidade Económica Europeia (1957) ao Tratado de Amesterdão (1999)
3.A UE no dealbar do século XX e os grandes desafios do futuro.

Básico:
António Martins da Silva, História da Unificação Europeia. A Integração Comunitária (1945-2010), Coimbra, Imprensa da Universidade de Coimbra, 2010. diponível na B-on.

Complementar:
BERSTEIN, Serge & MILZA, Pierre, A História da Europa, do século XIX ao início do século XX, Lisboa, Editora Plátano, 2006
DUVERGER, Maurice, A Europa dos Cidadãos, Uma metamorfose inacabada, Lisboa, Asa, 1994.
FERREIRA, José Medeiros, Não há mapa-cor-de-rosa. A história (mal)dita da integração europeia, Lisboa, Edições 70, 2014.
FULBROOK, Mary (coord.), A Europa desde 1945, Porto, Fio da Palavra Editores, 2009.
SOULIER, Gérard, A Europa. História, Civilização, Instituições, Lisboa, Instituto Piaget, s.d. (Segunda Parte - Capítulo 2 – A Construção da Europa).
 

E-learning.

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.

Conhecimentos de inglês e francês serão úteis.