Alimentação Sustentável
Código: 21171
Departamento: DCET
ECTS: 6
Área científica: Ciência e Tecnologia Alimentar
Total de horas trabalho: 156
Total de horas de contacto: 26

Os conteúdos programáticos encontram-se organizados de modo a permitir aos estudantes, a compreensão dos princípios relacionados com uma alimentação sustentável. Para isso, inicia com noções de nutrientes e suas funções. De seguida, são apresentadas as doenças crónicas não transmissíveis (constituem as principais ameaças à saúde), e comparados diversos tipos de padrões alimentares, assim como as novas tendências alimentares saudáveis. Por fim, e fundamental para esta UC, a temática do desperdício alimentar é estudada tanto na perspetiva da sua caracterização nacional e internacional, como ao nível de campanhas de sensibilização com vista à sua redução.

Alimentação Sustentável

Doenças crónicas não transmissíveis

Desperdício Alimentar

1. Aplicar os conhecimentos elementares da Nutrição para compreender a sua influência nas doenças crónicas não transmissíveis.
2. Descrever e avaliar os diferentes padrões alimentares.
3. Reconhecer as novas tendências alimentares saudáveis.
4. Caracterizar e avaliar o desperdício alimentar produzido pelas famílias.

1. Os nutrientes e suas funções
2. Os alimentos e as principais ameaças para a saúde
3. Os padrões alimentares
4. Novas Tendências alimentares saudáveis
5. O desperdício alimentar e a sustentabilidade

- Biodiversity and Sustainable Diets Unoted Against Hunger. In Proceedings of the International Scientific Symposium. FAO Headquarters, Rome. 3–5 November 2010.
- Healthy and sustainable diets in the early years. Implications of current thinking on healthy, sustainable diets for the food and nutrient intakes of children under the age of 5 in the UK.
Wordworks, London, 2012.
- Teixeira, P.J., Sardinha, L.B., Themudo Barata, J.L. (2008). Nutrição, Exercício e Saúde. Lidel, Lisboa.
- Informação e documentação de apoio (textos de apoio) disponibilizada na página da unidade curricular/- More information and documentation provided online in the Curricular Unit webpage.


E-Learning (completamente online)

O regime de avaliação preferencial é o de avaliação contínua, constituída pela realização de 2/3 e-folios (trabalhos escritos em formato digital), ao longo do semestre letivo, e de um momento final de avaliação presencial (p-fólio), a ter lugar no final do semestre, com peso de, respetivamente, 40% e 60% na classificação final. Os estudantes podem, no entanto, em devido tempo, optar um único momento presencial de avaliação, realizando, então uma prova de Avaliação Final (exame) com o peso de 100%.


E-Learning (completamente online)
Ser estudante em e-learning na UAb implica que a aprendizagem decorra num ambiente virtual com o apoio de um conjunto de ferramentas de trabalho e de comunicação e com materiais e recursos diversificados (livros, vídeos, áudios). É neste ambiente e através destas ferramentas que se processa o ensino, bem como a comunicação com o professor e com os restantes colegas e onde a participação se desenvolve com as atividades propostas pelo professor.
Nesta UC a comunicação com o docente decorre de um modo contínuo, não existindo, portanto, definição temporal rígida ou intransigente. Em cada tópico da UC, é disponibilizado um fórum de discussão e de dúvidas que está visível a toda a turma (tanto a estudantes em avaliação contínua, assim como por exame final). Esta comunicação é, sobretudo, assíncrona, implicando que a resposta às intervenções publicadas pelos estudantes não seja imediata, podendo variar entre algumas horas e um máximo de 48h.